→ Como Importar Roupas De Marca?

Tempo de leitura: 6 minutos

2-como-importar-roupas-de-marca

Sabemos que alguns produtos estrangeiros sofrem uma alteração significativa no preço quando são comercializadas aqui nas lojas do Brasil, isso ocorre devido a grande quantidade de impostos e taxas praticadas aqui. Mas esses mesmos itens possuem um valor bem mais em conta se comprados diretamente da origem, ou seja, no país em que são fabricados.

É por isso que cada vez mais consumidores costumam importar uma variedade imensa de produtos do estrangeiro, principalmente dos Estados Unidos. Mesmo o dólar em alta e subindo cada vez mais por conta da crise aqui no Brasil, o valor dos produtos importados sempre costuma ser bem mais em conta do que esperar que venham para cá, o que também pode significar uma longa espera.

Quando essas peças chegam aqui no Brasil, costumam ser comercializadas com um preço bem acima do seu país de origem. Para obter lucro, o comércio costuma incluir no valor final da peça o que pagou de taxas e impostos, por isso os itens recebem um preço exorbitante. Compensa muito mais comprá-los diretamente da fonte, em sites oficiais da marca ou lojas de departamento americanas, muitas das quais fazem envio para cá.

Peças de roupas são listadas como um dos itens mais procurados pelos brasileiros, e importar roupas de marca nos Estados Unidos pode ser uma boa ideia para quem procura itens de qualidade com preços justos, além de significar um grande meio de lucro para aqueles que tem intensão de comercializar estes produtos.

Mas como importar roupas que aqui não são comercializadas, como é possível encontrar essas peças e marcas sem ter muita dor de cabeça e prejuízos? Confira algumas dicas que você deve seguir se deseja adquirir uma peça importada:

Como importar roupas dos EUA?

Não faz muito tempo que as marcas Tommy Hilfiger, Hollister, Aeropostale e Abercrombie, entre outras, foram ficando conhecidas e bastante comercializadas no Brasil. O que poucos sabem é que uma camiseta da Hollister, por exemplo, que aqui custa em média de R$ 120 não passa dos 20 dólares, sem taxas e impostos, em solo americano, país de origem da marca. É como se fosse uma peça comprada em qualquer loja popular aqui no Brasil, e pode apostar, ainda sairá mais cara que o preço em dólar em algumas lojas.

Encontrar uma peça por um valor tão baixo como o de comercialização em seu país de origem por aqui é raro, e nem sempre será uma peça original. Essas marcas que são vendidas a preços exorbitantes no país tem um custo bem baixo na gringa, por isso a procura por essas e outras marcas conhecidas está sendo cada vez mais comum para nós.

É possível importar roupas diretamente dos sites americanos, mas nem todos efetuam entrega no Brasil. A Gap, por exemplo, é uma das marcas com loja online que envia para cá suas peças e, além das roupas, ela ainda dispõe de calçados e acessórios.

Como importar roupas está se tornando comum é bom lembrar que optar pela compra online é mais recomendado para uma quantidade pequena. No caso, se você não irá revender a peça, pode comprar sem medo pelos sites. Mas se está pensando na comercialização, essa não é a maneira mais econômica de começar seu negócio.  importar roupas, como importar roupas, como comprar roupas importadas

Redirecionamento de encomenda

Existem companhias que realizam o redirecionamento de encomendas para outros países. Essas empresas são mais utilizadas em sites que não efetuam entregas diretamente para o país em questão.

Cada uma possui uma forma de trabalho, mas no geral elas utilizam a mesma mecânica para o redirecionamento. Por intermédio delas, você envia a peça para o endereço da companhia para que esta faça o remanejo da peça ao seu endereço, mediante ao pagamento de uma taxa – aqui o valor varia de R$ 2,50 para até R$ 14.

Entre as mais conhecidas está o Shipito, que funciona como uma caixa de correios na América. Por meio dele é possível comprar direto dos sites americanos, entregar em um endereço fornecido pela empresa e elas se encarregarão de enviar ao seu endereço. Quando quiser importar roupas e o site não oferecer entrega ao Brasil, opte por usar esse redirecionador.

Mas é sempre bom deixar claro que, mesmo utilizando alguma destas empresas, ainda existe a possibilidade de ser taxado aqui no Brasil. Para evitar isso, algumas companhias enviam a mercadoria como pessoa física, mas também não é garantido que passe sem a tributação.

Procure fornecedores

Não só o interesse e saber como importar roupas de marca bastam aqui. Como dito, ao optar pelas compras em sites é mais recomendado para peças em pouca quantidade. Comprar uma quantidade grande não é muito econômico, e se as peças forem para revenda é melhor avaliar bem os gastos.

Por isso, encontrar bons fornecedores é ideal para começar a importar e conseguir lucros significativos, se você desejar montar um negócio.

2-5-como-importar-roupas-de-marca

Preste atenção nos valores

Fica claro que as peças têm um valor diferente do que é comercializado aqui no Brasil, por isso, é bom se atentar qual a melhor opção para o frete e o prazo de entrega das roupas.

Ainda é necessário saber sobre as opções de pagamento por parte do fornecedor, como funcionam os impostos no país e sua legislação para produtos importados. Isso é muito importante para não gerar nenhuma dor de cabeça quando a mercadoria chegar ao Brasil, e gerar novos gastos ou problemas alfandegários.

Como comprar roupas importadas está sendo cada vez mais comum por aqui, procure se informar bem sobre esse processo e como ele funciona, tanto na legislação daqui como na do país que você está importando a mercadoria.

Se atente as regras

Uma pessoa física tem o limite de 3 mil dólares para trazer qualquer produto ao Brasil por via postal, incluindo os que são declarados como “Gift” (presentes). Mas é bom seguir algumas regras.

Se o valor for menor de 500 dólares não existe a necessidade do cadastro da importação no site dos Correios, desde que comprove o valor pago e a remessa não apresente características comerciais. Ultrapassando esse valor é necessário cadastrar nos Correios pelo serviço Importa Fácil, da própria companhia. como importar roupas dos eua, importar roupas de marca, como importar roupas de marca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *